NOVO ALERTA DA ONU, AFIRMA QUE OS FENÔMENOS CLIMÁTICOS PROSSEGUIRÃO EXTREMOS EM 2017NOVO ALERTA DA ONU, AFIRMA QUE OS FENÔMENOS CLIMÁTICOS PROSSEGUIRÃO EXTREMOS EM 2017

NOVO ALERTA DA ONU, AFIRMA QUE OS FENÔMENOS CLIMÁTICOS  PROSSEGUIRÃO EXTREMOS EM 2017NOVO ALERTA DA ONU, AFIRMA QUE OS FENÔMENOS CLIMÁTICOS  PROSSEGUIRÃO EXTREMOS EM 2017

Canal Azul

 Em tom de preocupação, a ONU, por meio da OMM (Organização Meteorológica Mundial), divulgou novo relatório apontando que os fenômenos climáticos continuarão extremos em 2017.

O ano de 2016 apresentou temperaturas recordes, prejudicando sobremaneira o Ártico, levando ao aumento do nível do mar.

Este relatório faz parte da Jornada Meteorológica mundial, realizada no dia 23 de março.

Infelizmente, o relatório está recheado de más notícias quanto ao clima. Dentre elas, o fato de 2016 ter sido o ano mais quente já registrado.

Comparando-se a Era atual com a Pré Industrial, o aumento da temperatura foi de cerca de 1,1°C. Parece pouco, mas é o suficiente para produzir danos irreparáveis.

Dentre os fenômenos extremos esperados, alerta-se para o aquecimento constante e maior dos oceano, o que não era esperado pelos cientistas.

A emissão do gás carbônico (CO2), tão discutido por todas as nações, infelizmente não foi diminuído.

David Carlson, diretor do Programa Mundial de Investigação sobre o Clima, alerta que “ estamos no limite de nossos conhecimentos científicos sobre o clima”.

Graças ao fenômeno El Niño, as temperaturas aumentaram, causando precipitações mais severas. Ondas de calor atingiram o Ártico como nunca haviam sido vistas e sentidas, levando ao degelo e causando modificações gerais da circulação dos oceanos e na atmosfera.

A temperatura da superfície do mar foram as mais altas já registradas, prosseguindo com o aumento do seu nível, impactando o ecossistema marinho.

 Infelizmente, chega-se a conclusão de que as atividades humanas são as responsáveis por estes resultados apresentados, principalmente pela emissão recorde de CO2 na atmosfera.

 A foto abaixo apresenta um dos efeitos das alterações do ecossistema marinho:  o clareamento de corais.

corais

Fonte: g1.com.br

Fontes:http://g1.globo.com/natureza/noticia/fenomenos-climaticos-extremos-prosseguirao-em-2017-diz-onu.ghtml

http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2017/03/1868373-onu-diz-que-fenomenos-climaticos-extremos-prosseguirao-em-2017.shtml

http://istoe.com.br/fenomenos-climaticos-extremos-prosseguirao-em-2017/

http://m.folha.uol.com.br/ambiente/2017/03/1868373-onu-diz-que-fenomenos-climaticos-extremos-prosseguirao-em-2017.shtml?mobile

Share