Invasão Biológica – Palmeira-australiana em regeneração

Invasão Biológica - Palmeira-australiana em regeneração

Nesta vídeoaula, o biólogo Rodrigo Polisel fala sobre invasão biológica, visitando uma área bem antropizada da cidade de São Paulo que possui muitos indivíduos da palmeira-australiana Archontophoenix cunninghamiana em regeneração. Por que algumas espécies exóticas possuem potencial invasor? Quais outros exemplos podem ser citados? Esse vídeo convida você a participar do tema. Que espécies invasoras você já constatou em alguma ocasião do seu trabalho? Comente sobre o nosso vídeo de Invasão Biológica.

Veja este vídeo direto em nosso canal do Youtube, e inscreva-se para receber outros vídeos!

Share

Gabriel Lima é graduado em Ciências Biológicas, e assistente de redação no eFlora Web. Considera-se um admirador das plantas e amante da Botânica.

  • Rodrigo Trassi Polisel

    Ola! ótima contribuição! Obrigado pelo retorno e continue acompanhando o nosso trabalho. Abs!

  • Ze

    Um levantamento realizado em 2006/2007, em parceria com a Universidade Federal do Espírito Santo, foram registradas 20 espécies vegetais exóticas invasoras no Parque Estadual Paulo César Vinha.

    As principais espécies exóticas invasoras que são ameaça à biodiversidade do Parque são acácia (Acacia mangium), capim gordura (Melinis minutiflora), capim quicuio (Brachiaria humidicola), braquiária (Brachiaria decumbens) e capim colonião (Panicum maximum). Merece destaque, ainda, a pita (Furcraea gigantea), que apresenta alto potencial de dispersão devido à reprodução por gemas dispersas pelo vento.
    Fonte: http://www.institutohorus.org.br/pr_controle_iema_es.htm